MPT vai destinar 1,2 milhão para projetos sociais

Uberlândia (5.5.2014) - Dois editais abertos pela Procuradoria do Trabalho em Uberlândia, ofertam R$ 1,2 milhão para projetos sociais. Entidades da região do Triângulo Mineiro, interessadas em se inscrever para receber parte da verba, têm prazo até 24 de maio e devem ficar atentas às regras dos editais: 3643/2014 e 3647/2014.

Continue Lendo

Imprimir

Hospital em Uberaba reforma leitos com verbas de multas destinadas pelo MPT

Uberlândia (10.4.2014) - Uma indenização por dano moral coletivo aplicada à Black & Decker em uma ação civil pública ajuizada pelo Ministério Público do Trabalho em Uberlândia foi destinada à reforma de 16 leitos do Hospital Dr. Hélio Angotti, localizado em Uberaba. A Associação de Combate ao Câncer do Brasil Central (ACCBC), mantenedora do hospital, recebeu do MPT o montante de R$ 366 mil, o que representa mais da metade do valor gasto na reestruturação, cerca de R$ 614 mil.

Continue Lendo

Imprimir

BB terá que suspender pagamentos à CJF

Liminar obtida pelo Ministério Público do Trabalho vai garantir o pagamento de verbas trabalhistas

Uberlândia (28.3.2014) Uma liminar obtida pelo Ministério Público do Trabalho determina que o Banco do Brasil deposite em juízo todos os créditos pendentes de pagamento à empresa CJF de Vigilância Ltda. A medida visa a assegurar a quitação dos débitos trabalhistas com os empregados da conservadora, que prestam serviços nas agências do Banco do Brasil em Uberlândia.

Continue Lendo

Imprimir

Brasil Foods é condenada em mais de 30 milhões

Fonte: Ascom do MPT de Santa Catarina

Uberlândia (11.3.2014) - O Tribunal Regional do Trabalho de Minas Gerais condenou a empresa frigorífica Brasil Foods S.A (BRF), fusão da Sadia com a Perdigão, a pagar a título de horas extras, o período de troca do uniforme que não vinha sendo computado na jornada de oito mil empregados dos setores de aves, suínos e industrializados da unidade de Uberlândia.

Continue Lendo

Imprimir

MPT vai mediar acordo entre vigilantes e Banco do Brasil

Uberlândia  - Hoje, às 14h30, o Ministério Público do Trabalho (MPT) vai se reunir com representantes do Sindicato dos Vigilantes de Uberlândia (Sindeesvu), do Banco do Brasil e da CJF de Vigilância Ltda., empresa que presta serviços terceirizados de vigilância para as agências bancárias da região, para tentar mediar um acordo entre a empresa e os trabalhadores, que estão em greve desde a última terça-feira, 25.

Continue Lendo

Imprimir