MPT vai mediar acordo entre vigilantes e Banco do Brasil

Escrito por .

Uberlândia  - Hoje, às 14h30, o Ministério Público do Trabalho (MPT) vai se reunir com representantes do Sindicato dos Vigilantes de Uberlândia (Sindeesvu), do Banco do Brasil e da CJF de Vigilância Ltda., empresa que presta serviços terceirizados de vigilância para as agências bancárias da região, para tentar mediar um acordo entre a empresa e os trabalhadores, que estão em greve desde a última terça-feira, 25.

A mediação do MPT foi solicitada em caráter de urgência pelo Sindicato, uma vez que as reivindicações da categoria ainda não foram atendidas e a paralisação segue por tempo indeterminado. Segundo o Sindeesvu, a paralisação foi motivada pelos atrasos nos pagamentos de salários e dos benefícios, além de descontos indevidos em folha, pela empresa terceirizada que faz a segurança das agências do Banco do Brasil.

Imprimir