Coronovírus: MPT recomendada a setores econômicos medidas de proteção ao contágio

Teófilo Otoni - O Ministério Público do Trabalho (MPT) em Téofilo Otoni, no Vale do Mucuri, expediu uma recomendação a empregadores e sindicatos patronais para que adotem de medidas de proteção da saúde dos trabalhadores e contenção da transmissão do novo coronavírus (Covid-19). O texto traz orientações para os segmentos do transporte coletivo, comércio varejista, unidades de saúde e empresas de telemarketing. Acesse a íntegra da recomendação.

Alteração na rotina de trabalho, flexibilidade de jornada, negociação de acordos coletivos que preveem mudança de horário e abono de falta sem apresentação de atestado médico para quem tiver sintomas semelhantes ao do covid-19 são algumas recomendações do MPT.

O documento foi elaborado com base nas Notas Técnicas 02 e 03 expedidas pelo MPT, por meio da Coordenadoria Nacional de Defesa do Meio Ambiente de Trabalho (Codemat) e Coordenadoria Nacional de Combate às Irregularidades Trabalhistas na Administração Pública (Conap). As notas foram divulgadas em virtude da decretação do então estado de Emergência de Saúde Pública Internacional (ESPII) e, posteriormente, pandemia pela Organização Mundial da Saúde (OMS).

Siga-nos no Twitter @MPTMG e saiba mais sobre a atuação do MPT

Imprimir